sábado, 18 de fevereiro de 2012

ABALUAÊ – SENHOR DOS CEMITÉRIOS

Dentro da natureza tudo tem de certa forma um princípio e um fim. Abaluaê é responsável pelo fim da vida carnal e princípio da vida espiritual. É uma entidade que trabalha no plano espiritual em plena comunhão com forças divinas e cósmicas, têm o comando de falanges do cemitério, grandes exércitos, combate as forças negativas do mal, principalmente trabalhos feitos para arruinar a saúde de alguém. 

Abaluaê trabalha de duas formas: na giras de direita, para levar e encaminhar espíritos que ainda não encontraram um caminho e aqueles que ainda não tornaram consciência que já fazem parte do mundo espiritual. Trabalha também atua nas giras de esquerda, trabalhando assim como Omulu, o senhor dos cemitérios, de forma muito semelhante à direita, mas com uma vibração diferente. Esta diferença está no próprio ambiente, no plano espiritual da casa de caridade. 



Omulu vem e resgata estes espíritos encaminhando uns e aprisionando outros (por este fato sério, pede-se para trabalhar apenas com médiuns aptos, para que médiuns desprotegidos não absorvam estas energias negativas). Trabalha em conjunto com exus de cemitérios, principalmente exu caveira, seu direto servo. 

 É comum nos terreiros e casa de caridade, evocar esta entidade uma vez por mês, para que eles façam a limpeza e encaminhamento de espíritos revoltados, endurecidos, não-conscientes do plano espiritual ou até mesmo aqueles espíritos que foram pegos ou mandados para prejudicar o bom andamento da casa, para causar doenças e discórdias entre as pessoas.


Pedras e ervas do Orixá:

Uso Terapêutico: Chacra básico – preto bloqueia energias negativas.

Ônix – boa para unhas, cabelo e pele. 
Obsidiana – boa para toda parte digestiva, principalmente estômago e intestino. 
Jurubeba – diurético, tônico, inflamações do baço, a raiz serve para diabete. 
Capim-santo – calmante, insônia, pulmões e gases intestinais.

Uso espiritual - Ônix – Obsidiana – Jurubeba – Capim-santo

Abaluaê – entidade de resgate, resgata espíritos caídos e encaminha para luz. 
Cor negra – concepção do zero, significa o espaço infinito. 
Ônix – usada para proteção e autodefesa. 
Obsidiana – permite penetrar nos sentimentos mais íntimos das pessoas. 
Pode reforçar o dom da profecia, reflete com espelho. 
Jurubeba – erva de limpeza. 
Capim-santo – calmante, embaixo do travesseiro abre intuição.



Um comentário:

  1. Bom aqui estou pra deixar o primeiro comentário e nao podia ser de outra forma se nao fosse pra agradecer e dizer como pra mim e importante fazer parte dessa casa, hoje e coisa mais importante pra mim e la onde me sinto em paz comigo mesma,onde todos os meus problemas e medos se tornam irrelevantes e onde eu encontro força e coragem e principalmente discernimento pra enfrentar a vida!Obrigada ao meu Pai e Mãe de santo,aos irmãos de fé e aos guias que nunca me desamparam...Obrigada meu pai Oxalá!

    >>PRECE DE AGRADECIMENTO<<
    Obrigado, meu Deus,pela fé que me sustenta,
    Pelos amigos que fiz
    E continuo fazendo.
    Obrigado, meu Deus,Pelas bençãos de Ogum,
    Pela proteção de Iemanjá,pelo amor de Oxum.
    Obrigado, meu Deus,
    Pela força de Iansã,
    Pela retidão de Xangô,
    Pelo colo de Nanã.
    Obrigado, meu Deus,
    Pelo equilíbrio de Oxosse,
    Pelas curas de Omulu,
    pelas cores de Oxumarê.
    Obrigado, meu Deus,
    Pelas folhas de Ossãe,
    Pelas Crianças que enchem
    de alegria nossos Terreiros,
    Pela amizade dos Boiadeiros.
    Obrigado meu Deus,
    Pela humildade dos Pretos-Velhos,
    Pelas Almas Santas e Benditas,
    Pela cumplicidade de Exu e Pomba Gira.
    Obrigado, meu Deus,
    por fazer de mim um instrumento da Tua vitória

    ResponderExcluir